quinta-feira, 9 de abril de 2009

Minha amiga Flor


FLOR é a minha mais nova amiga ela é mesmo muito interessante. Sabe dessas pessoas que agrupam gente ao redor porque é divertida, inteligente, bem humorada, verdadeira, educada e irreverente? Pois é , essa é a Flor. Ela é tão irreverente que algumas pessoas a chamam de "louca"... para mim louca não é um jeito pejorativo de chamar alguém mas as vezes as pessoas a chamam de louca num sentido pejorativo e, pior ainda, desejam salvá-la (como se isso fosse possível! ou mesmo necessário). A Flor canta, dança, fala de assuntos interessantes, empresta a casa para unir os amigos em seu lindo jardim em noite de lua cheia (ou em qualquer lua e até mesmo sem lua) onde todos ficam ao seu redor ouvindo as suas histórias as vezes sem nexo outras com tanta profundidade que o melhor é acreditar que é mesmo louca -pois só loucos tem coragem para ser tão verdadeiros. Mas a verdade é que de louca ela não tem nada... ela é doce, colorida e exuberante como uma flor num jardim e estou muito feliz por ela me permitido entrar para o seu mundo!
Ontem estivemos em sua casa e por isso decidi falar sobre ela hoje, incrível o que alguns anos de vida podem fazer com as pessoas que sabem vivê-los. Sabe dessas pessoas que já devem ter passado por grandes aprendizados? Dores, amores, perdas e ganhos e tentam tirar o melhor de tudo o que viveram? A Flor é assim. Talvez por isso eu esteja tão impressionada com essa mulher-flor.

quarta-feira, 1 de abril de 2009



o Ateliê Artes Tupi, agora na Granja Viana. A primeira sede foi em Higienópolis, na Rua Tupi, de onde o nome surgiu. De lá para cá Marco Mendes e eu já passamos por outro ateliê localizado em Higienópolis e depois em Perdizes até chegarmos na nova casa.

Dia 4 de abril de 2009 é a inauguração do novo espaço. Na parede laranja, azulejos pintados. Dentro, arte...arte...arte...